FRETE GRÁTIS PARA TODO BRASIL

Blog

Você sabia? Coletores menstruais são uma invenção antiga!

Você sabia? Coletores menstruais são uma invenção antiga!

Feito de borracha o  primeiro coletor menstrual  utilizável  foi patenteado em 1937 pela atriz americana  Leona Chalmers. Seu pedido de patente afirma que o design não causará "desconforto ou consciência de sua presença" e foi lançado como a marca "Tass-ette",

 

 

Antes ainda em 1867  um aparelho mais rudimentar tinha sido inventado por  SL HOGKERT  chamado  "Sacos Catameniais" porém nada utilizável como pode ser visto a baixo:

Durante a Segunda Guerra Mundial, com a escassez de látex, a empresa Tass-ette foi forçada a parar a produção. Após a guerra, Chalmers patenteou um novo design e relançou a marca como “Tassette" no final da década de 1950, com um grande investimento em publicidade e também enviando milhares de amostras para enfermeiras que o recomendaram sem muitos resultados.

Embora as mulheres tivessem progredido desde os anos 30, ainda não estavam abertas a usar um coletor menstrual reutilizável, muito condicionadas a ideia de que a menstruação é um sangue sujo, elas não se sentiam confortáveis em se tocar nesse período, esvaziar ou limpar o coletor. A maioria tinha nojo de sangue menstrual e preferia usar algo que pudesse ser descartado facilmente como absorventes, o que levou ao insucesso  da empresa.

 Por fim Chalmers vendeu os direitos do coletor menstrual a Robert P. Oreck, que lançou uma nova empresa;Tassette, Inc. Assim, no final dos anos 60, a Tassette Inc. patenteou e começou a fabricar um novo coletor menstrual descartável, "Tassaway", para competir com o mercado emergente de produtos menstruais descartáveis. Na época, a empresa gastava muito em marketing e encerrou seus negócios no início dos anos 70.coletor menstrual espavo

 Após uma ausência de 20 anos no mercado os coletores menstruais foram reintroduzidos no final dos anos 80 com a criação de "The Keeper" nos Estados Unidos. Feito em látex e disponível até hoje, ele foi o primeiro modelo fabricado em dois tamanhos.

Pensado pra solucionar problemas de alergia ao látex o primeiro coletor menstrual de silicone reutilizável surgiu em 2002 permitindo que mais mulheres possam usá-lo com segurança.  Muitas fábricas entraram na produção dos coletores, o que permite maior possibilidade de escolha entre modelos, formatos e cores.

Talvez porque hoje as mulheres estejam mais abertas e conscientes do seu próprio corpo e falar de menstruação não seja tabu, os coletores estão se tornando mais populares em todo o mundo, com muitas marcas, formas e tamanhos diferentes no mercado, possibilitando assim uma maior adequação entre as usuárias.

A maioria dos coletores menstruais agora é fabricada com silicone de grau médico devido à sua durabilidade e propriedades hipoalergênicas, embora também existam marcas feitas de TPE ( elastômero termoplástico ) A maioria é reutilizável, embora exista pelo menos uma marca descartável ​​ atualmente.  Desde o seu predecessor, o coletor recebeu boas críticas dos médicos, que o julgaram extremamente seguro, inócuo e capaz de reduzir a ocorrência de infecções genitais comumente relacionadas ao uso de absorventes externos e internos.

 

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

Comment are moderated